Make your own free website on Tripod.com
Picture
Picture

Teatro Cristão

Teatro cristão, teatro gospel, teatro evangélico, peças teatrais, textos para teatro, dicas, dramas comédias, adaptações de textos bíblicos, exercícios teatrais, oficinas de teatro.

Arrependimento

Raquel 

Ana

Mãe 

Pai

Poder do mal

Mentira

Ódio

Inveja

Mensageiro

Narrador

 

(Raquel) Já disse que eu não vou. Estou com dor de cabeça. Vão vocês!
(Mãe, fala com o pai) Você não fala nada?
(Pai) Olha, Raquel, você teve uma educação cristã desde pequena. Eu e sua mãe sempre quisemos o melhor para vocês duas. E se agora você quer se desviar do caminho de Cristo, nós não podemos fazer nada. É como você disse: "você não é mais nenhuma criança". Só quero te dizer: tome cuidado! Você conhece as escrituras sagradas. Sabe o que está certo ou errado. Cuidado se um dia você se arrepender e quiser voltar atrás. Pode ser tarde demais.
(A mãe sai chorando, o pai sai triste)
(Ana) Tá vendo o que você fez? O papai ficou triste! A mamãe saiu chorando! Pára com isso, minha irmã. Vamos, venha conosco.
(Raquel) Será que você é surda? Já disse que não vou hoje, será que não posso descansar nenhum domingo?
(Ana) E se os jovens e o pastor perguntarem por você, o que eu falo?
(Raquel) Diz que estou doente. Agora vai e pára de me amolar.
(A filha Ana sai e Raquel rapidinho troca de roupa)
(Raquel) A mamãe nunca vai descobrir que eu vou usar esta roupa.
(Raquel sai e fecham-se as cortinas)
(Narrador) O tempo foi passando, a filha não voltou mais a Igreja. Seu amigos cristãos lhe procuraram, mas ela não quer dar ouvidos a ninguém. Foi-se envolvendo cada vez mais com seus amigos do mundo.
(Abrem-se as cortinas)
(Raquel) O que??? Eles vêm aqui? Eu não vou receber ninguém. Não tenho nada para falar com eles. Qualquer dia desses eu vou na Igreja de novo. Parem de encher a paciência.
(Ana) Deixa ela, mãe! Ela preferiu as coisas do mundo. Preferiu a escuridão das trevas do que a luz. Da mais valor aos amigos do mundo, aos amigos falsos que ela arrumou, do que a sua própria família.
(Raquel) Cala a sua boca. Isso não é verdade. Eles não são amigos falsos. São amigos de verdade. Eu me sinto bem ao lado deles.
(Chegam seus amigos cristãos, sentam e conversam com ela)
(Amigo cristão) Raquel, estamos preocupados com você. Você não apareceu mais no grupo de jovens. Não apareceu mais nos cultos. O que aconteceu com você?
(Raquel) Não aconteceu nada. Eu estou descansando um pouco. Daqui a uns dias eu volto, pode ficar tranqüilo. Eu estou muito bem.
(Amiga cristã) Mas descansar deste jeito? Deixar de ir na Igreja? No serviço de Deus não podemos cansar nunca. Volta outra vez, vem conosco. Daqui a pouco temos reunião de jovens. Estamos esperando você lá. Vem conosco!
(Raquel) Tá, vão indo na frente, depois eu vou.
(Os amigos cristãos saem)
(Ana) Você vai mesmo na reunião de jovens? Que bom!
(Raquel) Claro que não! Só falei isso para me livrar deles! Eu vou receber meus amigos aqui em casa.
(Ana) Como pode alguém mentir deste jeito. Você é uma mentirosa, Raquel.
(Raquel) Some daqui! Me deixe em paz!
(Mãe) Parem de brigar as duas. Eu vou sair um pouco. Preciso conversar com algumas pessoas, pois nessa casa não há mais paz, não temos mais diálogo como tínhamos antes. Agora é só briga, todos os dias. Raquel, não vou mais insistir com você! Não vou mais te convidar para ir na Igreja. De hoje em diante você é responsável pelos seus erros.
(Mãe e filha Ana saem, a Raquel arruma a mesa e espera seus amigos)
(Raquel) Será que está tudo em ordem? Hoje vai ser uma noite muito divertida. Ë o que eu espero, né!?!
(Os amigos demoram. Raquel deita a cabeça sobre a mesa. De repente seus amigos entram. Mas desta vez mostram quem realmente são)
(Poder do mal) Raquel! Cansou de nos esperar?
(Raquel levanta a cabeça e começa a ter medo, se desespera e grita)
(Poder do mal) Esta com medo? (Dá uma risada) Não se assuste! Somos os seus amigos! (Dá outra risada) Raquel, você está sobre o meu poder. Você agora me pertence. Eu sou o poder do mal, sou a escuridão das trevas. Ah! Como estou feliz com você. Eu te tentei tanto e enfim consegui o que eu queria (dá outra risada). Eu sempre tentei te desviar do caminho que você seguia. Às vezes parecia ser impossível, porque você era muito fiel. Mas eu não desisti. E agora você me pertence. Eu vou te levar comigo (outra risada). Que feliz que eu estou.
(Raquel cai desmaiada no chão)
(Poder do mal) Meus fiéis servos mentira, inveja, e ódio. O que vocês fizeram para me ajudar?
(Mentira) Fiz ela acreditar que éramos seus amigos de verdade e que era muito jovem para seguir o caminho que estava seguindo. Disse também que ela deveria se vestir diferente, que seus pais iriam gostar do seu novo jeito de se vestir.
(Poder do mal) Muito bem mentira! Trabalhaste muito bem. E você inveja, o que fez para me ajudar?
(Inveja) Fiz ela largar o violão e a Bíblia de lado e se sentar à mesa conosco. Fiz ela se embriagar com álcool. Disse também que queríamos ser iguais a ela. Por isso precisávamos da amizade dela e a convidei para sairmos juntos. Com isso ela se desviou do caminho que estava seguindo.
(Poder do mal) Muito bem inveja! Trabalhaste muito bem! E você ódio? O que você fez para me ajudar?
(Ódio) Eu mandei ela desobedecer aos pais. Pedi para que fosse menos tímida. Disse a ela que ela poderia seguir o caminho da luz e das trevas ao mesmo tempo.
(Poder do mal) Muito bem, ódio! Trabalhaste muito bem! Agora vamos embora porque esta já me pertence. Não há nada que faça ela se livrar de mim e voltar para o caminho que seguia antes (o poder do mal com seus servos dando risadas).
(A filha continua desmaiada. Um grupo canta a canção (O filme de sua vida). Após o hino entra o mensageiro, com as mãos estendidas sobre ela).
(Mensageiro) Raquel, Raquel! O que aconteceu com você? Porque você se afastou do caminho de Cristo? Por que deixou o poder do mal tomar conta de você? Mas nem tudo está perdido! Volta para o caminho de Cristo. Cristo te procura e te chama. Jesus quer te dar uma nova chance. Vai até Cristo e peça-lhe perdão. Lembre-se que Cristo deu a sua própria vida na cruz para te salvar. Peça perdão também a sua família. Sua mãe está sofrendo. Por sua causa ela chora todos os dias. Seu pai anda triste. Olha o exemplo que você está dando para sua irmã. Vamos, levante-se do poço de pecados que você caiu. Arrependa-se! Volte para Jesus! Volte Raquel, volte para Jesus! Jesus vai te ajudar. Ele vai te perdoar de novo. Jesus está novamente passando em sua vida. Ele vem com um amor imenso. Não perca mais essa oportunidade de aceitar o Salvador em sua vida. Faça isso ainda hoje, porque talvez amanhã pode ser tarde demais. Aceite Jesus em sua vida. Deixa Cristo morar em sua vida.
(O mensageiro se retira. Chegam os pais e encontram a filha deitada no chão).
(Mãe) Raquel, o que aconteceu com você!?
(Pai) Raquel, você está bem? O que aconteceu?
(Raquel se levanta, se ajoelha e pede perdão)
(Raquel) Mãe, pai, mana! Me perdoem por tudo o que eu fiz a vocês. Eu vi o poder do mal em minha frente. Depois vi um anjo do Senhor me dizendo que Jesus Cristo ainda me perdoa. Só agora pude abrir os olhos e enxergar o erro que eu cometi. Como eu errei, estou envergonhada por tudo que eu fiz. Nunca mais vou me afastar do caminho de Jesus Cristo. Quero de novo dar sentido a minha vida.
(Mãe) Óh!! Deus ouviu minhas orações, minhas súplicas e os meus pedidos. Minhas orações não foram em vão. Hoje a alegria voltou a morar em nossa casa. Aleluia!
(Raquel) Quero pedir perdão a Deus.
(Mãe) Vamos todos orar e pedir perdão a Deus porque nós te ajudamos tão pouco, filha. Tínhamos tão pouca paciência com você!
(A família se ajoelha. Um grupo canta a canção do livrinho amarelo. Canção 232 "Cristo vai hoje passar". Ou outra canção, conforme o tema. As cortinas vão se fechando bem devagar. Depois da canção o narrador fala:)
(Narrador) Assim termina o nosso teatro - essa história pode ser a nossa história. A história de nossa família. Isto acontece quando deixamos Cristo de lado e preferimos as coisas do mundo.
Você, meu caro jovem, que hoje aqui está e que ainda não aceitou Jesus em seu coração, faça isso ainda hoje. Jesus quer mudar a sua vida. Deixa Cristo morar em teu coração.

Autor: Desconhecido

 

Inicial Exercícios Textos

Dicas

Links e-mail